Fique por dentro das novidades!!! Inscreva-se no nosso feed...

sexta-feira, 25 de abril de 2014

Contos das antigas gerações - Capítulo 1

O Amor de Gareth DragonsBane;

As areias do tempo se movimentavam, insuflando-se e espalhando-se por entre o céu negro à milhares de milhas de distância de sua terra....ventos vinham das correntes do Oeste e um cavaleiro em meio ao deserto cavalga em seu camelo... um turbante cobria seu rosto do efeito das areias.... não se sabe se é jovem....não se sabe sua idade...., uma armadura completa coberta por uma coloração negro fosco, botoeiras de um dourado há muito envelhecido seguram uma túnica desbotada com o símbolo do homens livres do Norte o Dragão Púrpura...;

Uma Espada Larga em suas costas...o cabo dourado e brilhante se destaca como uma luz em meio ao deserto...Osgiliath....o camelo vai em sua toada, os suprimentos em 3 mochilas e 1 cesto para provisões.... Repentinamente o cavaleiro para, com certa dificuldade coloca suas mãos dentro da túnica e retira um amuleto do tamanho de um punho, parece-se com uma bússola, e abrindo-a observa atentamente uma singela luz azul esverdeada... levantando os olhos castanhos escuros no sentido do Oeste..pode-se ouvir um sussurro.:

____ "Dar glaesh, mires der templecate him daen....Unnnhf..." (Dar Glaesh finalmente o templo está perto...).. AAAAIIIooooh!

Calçando com suas botas o camelo inicia novamente seu caminho numa toada mais rápida...a medida em que o cavaleiro avança a luz do amuleto se intensifica.....

.....Uma pequena tempestade de areia....Gareth percorrera milhas enquanto seu amuleto intensificava o brilho...nas areias de Amurad as noites são frias, e o dia quente como os fossos de enxofre de Baator... o nobre sabe que sua jornada está chegando ao fim...em seu pensamento apenas uma meta... Encontrar o Amuleto Perdido de Amon-Izhat uma jóia lendária da época em que os feiticeiros eram discípulos dos Sábios...capaz de Trazer a Cura a Nebeleth... suas lembranças estão entremeadas as suas incriveis façanhas e perigos ultrapassados....como pode esquecer que sua imprudência levou o mal ao seu sangue...Nebeleth sua meia irmã foi acometida pelo mal do sangue dos sábios quando infectada por uma solução mística em uma de suas missões pelas terras perdidas dos Elfos de All-Tharith as ruínas dos sábios da Lua...., A Culpa... ahhh... a Culpa tomou conta de seu coração...o Peso de suas decisões...o assumindo então seu destino...Gareth DragonsBane o Cavaleiro que segue a Linhagem dos Drações Púrpuras... jurou encontrar a cura a nebeleth..seu tempo está acabando... Quando repentinamente...

____ "Aiioooohhhh....

a Luz! a Luz mudara o Brilho....e as areias de entremeavam a sua armadura....as areias se revoltavam num redemoinho gigantesco em meio a noite...

____ É Aquiiiii......DAR GLAESH!.....!!!"

Retirando um pergaminho em meio ao fria, escuridão e a poderosa ventania em meio a um ponto desconhecido das longínquas terras de Amurad....Gareth inicia a Leitura das Palavras de um rolo de papiros envelhecidos.:

----- "Cojun...de maer uhr...livlen lon den gaelminxest losten dar glaesh ...Naomen clericlen donen Ein fuuur Vecnal den desfaten Urrr..... Mithranderun der Ohmen desfaten IIIuuuuu, Laven len donen dunendain saberiun clericumn magiciuuum! Dersss Obel DAR GLAESH EZHATOTUM!....."

Tais palavras esvaziaram o tempo....os segundos tornaram-se constantes....não existia mais tempos e as palavras se esvoaçaram ao tempo...tomando uma ressonância infinita e das areias um tremor gigantesco se iniciara!......As areias se escoaram enquanto de uma fenda em meio ao deserto mais parecida com um turbilhão em um grande rio....subia a altura dos homens....Rochas....Pedras.
Um imenso templo se levantara rapidamente das areias perdidas...e elas escoavam pelas suas quinas.... Gareth estava impressionado, seu coração estremecia, estava próximo de seu objetivo, o templo de Dar Glaesh surgira....

By Guto Gianotto

Nenhum comentário:

Postar um comentário